LSRL 64: COMPOSTOS NOMINAIS EM PORTUGUÊS

Product no.: ISBN 9783895866982
80.30
Price incl. VAT, plus delivery


COMPOSTOS NOMINAIS EM PORTUGUÊS

AS ESTRUTURAS VN, NN, NprepN E NA

Silvia Ribeiro
Universidade de Coimbra, CELGA; Universidade de Aveiro, ESTGA

Neste estudo analisam-se os compostos nominais do Português Europeu construídos segundo os esquemas Verbo-Nome (VN), Nome-Nome (NN), Nome-preposição-Nome (NprepN) e Nome-Adjectivo (NA). No capítulo I, problementatizam-se as fronteiras da composição. No capítulo II estudam-se, em termos morfológicos e sintáctico-semânticos, os constituintes internos das unidades em apreço e em III, 2. procede-se à distribuição de constituintes e produtos por áreas léxico-conceptuais. Em III.3 estuda-se a estrutura interna dos compostos, considerando as noções de núcleo, de endocentrismo e de exocentrismo. As relações sintáctico-semânticas que se instituem entre os constituintes dos compostos enfatizam-se em III. 4. Por fim, propõe-se a organização de unidades do corpus de acordo com diferentes níveis de composicionalidade (cap. III, 5.). A análise efectuada conduz a uma concepção renovada de nome composto. Este é entendido como uma unidade plurilexemática que, sendo caracterizada pela cristalização estrutural e semântica,é armazenada como um todo na mente dos falantes.

Apesar da aparente heterogeneidade do corpus, a análise da estrutura interna dos compostos permite verificar que os respectivos constituintes estabelecem entre si diferentes relações gramaticais - coordenação, subordinação completiva e subordinação modificativa. A organização dos compostos por três níveis de composicionalidade sintáctica e semântica revela-se também operacional para uma parte substancial dos dados analisados.



In this study we analyse the nominal compounds from European Portuguese formed according to the patterns Verb-Noun (VN), Noun-Noun (NN), Noun-preposition-Noun (NprepN) and Noun-Adjective (NA). In chapter I we examine the boundaries of compounding. In chapter II we study the internal constituents of compounds in morphological, syntactic and semantic terms. In III.2 we distribute the constituents and the products by different lexical-conceptual areas. In III.3 we analyse the internal structure of compounds, considering the notions of head, endocentrism and exocentrism. The syntactic and semantic relations between the constituents of compounds are analysed in III.4. Finally, we suggest the organisation of data according to different levels of compositionality.

The study done leads to a renewed notion of nominal compound, understood as a plurilexematic unit that is stored in one’s mental lexicon and that is also characterised by different levels of structural and semantic crystallization.

In spite of the apparent heterogeneity inherent to data, the analysis of the internal structure of compounds permits us to verify that the internal constituents are linked by different grammatical relations: coordination, completive subordination and modificative subordination. The organization of compounds in three levels of syntactic and semantic compositionality appears to be an operative strategy for an important part of data under consideration.

ISBN 9783895866982. LINCOM Studies in Romance Linguistics 64. 181pp. 2010.

Browse this category: LINCOM Studies in Romance Linguistics (LSRL)